Pastoral da Comunicação
 

 Pastoral da Comunicação  

 

A Pastoral da Comunicação (Pascom) é uma pastoral ainda nova, na Igreja. Os documentos da Igreja que tratam do tema comunicação são recentes. O primeiro, o Inter Mirifica, é do Concílio Vaticano II, aprovado em 1964. Mas, esse documento ainda não explicita a necessidade da existência de uma Pastoral da Comunicação.
Em termos do Brasil, o primeiro documento publicado sobre o tema é o 59, da CNBB, com o título Igreja e Comunicação rumo ao Novo Milênio, fruto da Assembléia Geral dos Bispos do Brasil, realizada em abril de 1997, em São Paulo. 
 
Atuar na Pascom é coisa séria e tem muito o que fazer, visto que a Pascom não é uma pastoral que trabalha isoladamente. Ela perpassa por  todas as outras pastorais, movimentos e serviços, levando o oxigênio da comunicação a toda paróquia, e tem como finalidades:
           • Evangelizar, afinal, como diz o Documento de Puebla (1063): “evangelizar é comunicar”;
           • Dar unidade às práticas de comunicação existentes na Igreja. Quantas paróquias têm programas de rádio, site, jornal, mural, mas cada  feito por uma pessoa ou um grupo, isoladamente?
       • Construir comunhão: O objetivo da Pascom não é, simplesmente, produzir e emitir informações. Antes disso, é preciso pensar em melhorar a qualidade da comunicação entre as pessoas, pastorais e setores, para que a comunicação gere comunhão, a exemplo das primeiras comunidades cristãs.
 
Coordenação; Denis Candeia
Contatos: (83) 8626-3325
e-mail: pascomnsdaguia@gmail.com

 
Top
Paróquia de Nossa Senhora da Guia
Rua Peregrino Filho, 51 | Centro - Patos - PB