Jubileu de Ouro Sacerdotal
 

 

JUBILEU ÁUREO SACERDOTAL DE DOM GERARDO ANDRADE PONTE 

No dia 6 de dezembro de 1998 a cidade acordou preparada para a festa logo de manhã com uma alvorada festiva e salva de 21 tiros. Durante todo o dia foram concedidas entrevistas e nota de apoio com crônicas nas rádios da cidade. Autoridades, bispos e pessoas do povo encheram a residência episcopal para cumprimentar D. Gerardo. O acontecimento mais marcante foi mesmo a concelebração eucarística realizada às 16:00 no Estádio Municipal José Cavalcante. Foi a única missa do dia na cidade. Com a presença de todos os bispos do Regional NE II que perfizeram mais de trinta bispos inclusive com a presença do Arcebispo do Maranhão, irmão de D. Gerardo e Bispo de São Luis D. Paulo Andrade Ponte. Mais de cem padres concelebraram. Vários irmãos, sobrinhos e amigos de D. Gerardo estiveram presentes, além de uma comitiva de Petrolina, a Diocese anterior. O Estádio esteve repleto de pessoas para uma celebração belíssima que durou três horas transmitida por sete emissoras de rádio.  D. Gerardo estava emocionado, mas feliz. No final da celebração falou dizendo que não conseguiria entender o sacerdócio sem a eucaristia. No final de tudo houve um jantar oferecido aos convidados no BNB Club. 

 

TRADUÇÃO PORTUGUESA DA CARTA EM LATIM DE SUA SANTIDADE O PAPA JOÃO PAULO II POR OCASIÃO DOS 50 ANOS DE SACERDÓCIO DE DOM GERARDO ANDRADE PONTE.

Ao Venerável irmão

Dom Gerardo Andrade Ponte

Bispo de Patos

 

Venerável Irmão,

O teu já longo ministério, provado na atividade sacerdotal e também episcopal, move-nos veementemente a escrever-te e enviar-te, com ânimo fraterno, esta carta de congratulações, com a qual desejamos celebrar o próximo acontecimento, tão honroso e alegre da tua vida.

Com efeito, a solenidade da Imaculada Conceição de Maria, a Mãe de Deus, te trará grande consolação e conforto para tua alma de pastor, bem como alegria especial, entre os teus amadíssimos colaboradores e fiéis. Acontecerá, naquele memorável dia, por dom de Deus, o jubileu áureo de teu presbiterado, de onde virá para todos e para nós a oportunidade de exaltar publicamente os méritos do teu apostolado.

Além disso, Venerável irmão, pudestes exercer as virtudes de teu espírito e os dotes de tua alma não apenas em um, mas entre vários rebanhos de Cristo Senhor, a saber em Fortaleza (CE), em Petrolina (PE) e, por vontade nossa, já há quinze anos em Patos (PB).

Tu, que já no passado tomaste o propósito de tudo fazer por causa do Evangelho cumpriste louvavelmente teu frutuoso encargo, fomentando as vocações, providenciando as estruturas necessárias daquelas dioceses e melhorando as condições de teus rebanhos.

Portanto, compartilhamos com muitos outros nossa fervorosa ação de graças pelos inícios de teu Sacerdócio, já há cinquenta anos, e por cada obra empreendida e realizada com zelo, durante esse tempo.

Desejamos com toda alma, e suplicamos que a comemoração de todo este teu prolongado ministério te alegre grandemente, pela própria consciência de tua atividade precedente, e que te alcance a recompensa, já aqui na terra.

Seja-te esta nossa saudação, Venerável Irmão, o testemunho manifesto de nossa estima; seja a nossa Benção Apostólica, para ti e todos os teus, de agora em diante, a garantia de copiosos dons do próprio Pastor Divino.

Palácio do Vaticano, 03 de novembro de 1998, no vigésimo ano do nosso Pontificado.

                       

 
Top
Paróquia de Nossa Senhora da Guia
Rua Peregrino Filho, 51 | Centro - Patos - PB